SEAN RILEY AND THE SLOWRIDERS APRESENTAM O SINGLE GREETINGS

capa album news

Clicar na imagem para ouvir o single

SEAN RILEY AND THE SLOWRIDERS

NO DIA DE LANÇAMENTO DO NOVO ÁLBUM APRESENTAM O SINGLE GREETINGS

SEAN RILEY & THE SLOWRIDERS apresentam hoje o novo single "Greetings" que sucede a "Dili", no dia em que editam um novo álbum de originais, homónimo.

Há uns anos, o grupo embarcou nesta viagem pelo sentimento que os une de criar música e editou 3 discos em menos de 4 anos. SEAN RILEY & THE SLOWRIDERS pisaram quase todos os palcos que há para pisar de Norte a Sul do país, editaram internacionalmente e apresentaram a sua música inúmeras vezes fora de portas.

Após a tour de promoção do último registo, quis o destino que todos os membros da banda se dedicassem a outros projetos. Até bater a saudade do que sentiam juntos.  Daí aos telefones tocarem e começarem a surgir, de forma errática, algumas sessões de composição em longos fins-de-semana de comunhão, foi um segundo.

Aquele que viria a ser o próximo corpo de trabalho da banda ficou definido em meia dúzia dessas sessões. De forma rápida, intuitiva e, acima de tudo, livre de qualquer ideia preconcebida. Era necessário que assim fosse, a música uma vez mais a falar mais alto, para que tudo fizesse sentido. Explorar e seguir o instinto ao ritmo da máxima Beat/Budista "first thought, best thought".

O quarto álbum, e o primeiro de um novo ciclo - encerrada a trilogia Farewell, Only Time Will Tell, It's Been a Long Night -, nasce dessa necessidade de comunicar notas e sentimentos da forma que SEAN RILEY & THE SLOWRIDERS o fazem. É um mergulho no desconhecido, com os pés bem assentes em terra firme.

De certa forma, este é o disco mais direto do ponto de vista da criação, uma homenagem ao espírito impulsionador das primeiras gravações. Por outro lado, nunca nenhum disco de SEAN RILEY & THE SLOWRIDERS foi tão conceptual, seguindo por novos caminhos sem nunca perder de vista a essência da banda.

E se três anos são uma sabática considerável, a noção de tempo é sempre assente numa perspectiva subjectiva. E esta é uma banda que nunca pertenceu a um tempo. Nem ao seu nem a nenhum outro.

Próximos concertos:

28 de Maio, Festival A Leste, Funchal

17 de Junho, Cine Teatro Avenida

still3

Clicar na imagem para ver o videoclipe "Dili"

Alinhamento (CD, Digital; Vinil):

Intro: Flying Back

Dili

Dark Rooms

Swimming Pool Blue

Wherever You Go

Gipsy Eyes

Greetings

Pearly Gates

Today Forever

Outro: S-Bahn